{ "data": [ { "event_name": "Purchase", "event_time": 1650640105, "action_source": "email", "user_data": { "em": [ "7b17fb0bd173f625b58636fb796407c22b3d16fc78302d79f0fd30c2fc2fc068" ], "ph": [ null ] }, "custom_data": { "currency": "BRL", "value": 1.99 } } ] "test_event_code:" "TEST67589" }
top of page

Ciclos Femininos e os Ciclos Lunares



A palavra "menstruação" está etimologicamente relacionada à palavra "lua". O termo "menstruação" é derivado da palavra latina mensis (mês), que por sua vez se relaciona com a palavra grega mene (lua) e com as raízes das palavras portuguesas mês e lua - refletindo o fato de que a lua também leva cerca de 28 dias para dar uma volta em torno da Terra (27-32 dias).


Os antigos afirmavam que toda substância da vida é criada a partir do pó da Mãe Lua, a fonte cósmica.

O ciclo perpétuo da lua determina todos os ritmos, desejos e possibilidades na terra. A lua influencia significativamente o biorritmo de uma mulher e seu corpo, mente e espírito estão intrinsecamente conectados aos seus ciclos.


Seu óvulo é artava, da raiz sânscrita rtu que significa estação. Rtu também implica ritual sugerindo que o ritmo da vida vem da dança, ritual das estações e, em particular, da estação lunar. Podemos aprender os segredos de cura do pulso cósmico prestando atenção aos nossos próprios ciclos e ritmos. Desde os tempos antigos, a lua nova era associada à menstruação; neste momento de renascimento, as mulheres se reuniriam e ofereceriam seu material gerador de vida à Terra. A lua crescente (lua nova a cheia) está associada à fase proliferativa e a lua minguante à fase lútea – limpeza. As mulheres nativas observavam fielmente os ritmos sazonais para garantir o sustento e a nutrição da terra, e reconheciam que os ciclos das estações, como os ritmos do útero, eram criados a partir das fases da lua. No espectro oposto dos dias escuros da lua nova está o período claro de esperança e rejuvenescimento celebrado na época da lua cheia. “A lua cheia marca o tempo de embelezamento, abundância e fertilidade, resultado da transformação e purificação do sangue primordial na essência translúcida de Ojas.


Podemos recuperar nossos biorritmos entendendo e reconhecendo o impacto das junções lunares em nossa cura e transformação pessoal. Podemos recuperar a sabedoria do ciclo menstrual sintonizando nossa natureza cíclica e celebrando-a como fonte de nossa vida feminina. O fluxo e refluxo dos sonhos, criatividade e hormônios associados a diferentes partes do ciclo nos oferecem uma profunda oportunidade de aprofundar nossa conexão com nosso conhecimento interior.


A menstruação é considerada no Ayurveda como um momento de purificação – um momento para o corpo e a mente da mulher purificar e rejuvenescer a cada mês. De acordo com Robert Svoboda, o ciclo menstrual é um presente da natureza para as mulheres. Em suas palavras uma mulher sábia trabalhará com a natureza para tirar proveito dessa limpeza mensal natural, para que ela e a natureza possam alcançar seus objetivos, e para ajudá-la e curá-la. O bloqueio muitas vezes se mostrará mais vividamente como algum impedimento ao seu fluxo menstrual.




Quer se aprofundar nesse tema, estaremos abordando mais a fundo sobre as práticas de sadhanas que as ciências do Yoga e do Ayurveda implementam para promover esse alinhamento menstrual e promover a saúde uterina no Curso de Ayurveda e a Saúde da Mulher










BAIXE O EBOOK INTRO AO AYURVEDA GRATUITAMENTE




58 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

CURSOS ONLINE

CORPO HORMONAL-2.jpg

Ayurveda e a Saúde da Mulher

_edited.jpg

Ayurveda no Pré-Natal e Pós-Parto

A ARTE DO AYURVEDA-2.png

Intro ao Ayurveda

bottom of page